Domingo, 15 de Setembro de 2019

O Repórter

Mãe dos lutadores Minotauro e Minotouro lança livro sobre os filhos

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 07 de novembro de 2013 às 13:46 (Atualizada em 07 de novembro de 2013 às 07:58)

RIO DE JANEIRO (O REPÓRTER) - A vida dos irmãos lutadores Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro foi relatada em um livro escrito por Marina Correia, a mãe dos dois atletas. A biografia "Meus filhos Minotauro & Minotouro" já está disponível nas livrarias brasileiras.

No livro, a Marina relembra diversos momentos da vida dos gêmeos: do nascimento ao estrelato, passando por momentos de alegria, companheirismo, dificuldades e tensão. A mãe fala da amizade e da união dos irmãos em todos os momentos, desde as travessuras de criança até a carreira no octógono, fala da vida no Brasil e no exterior e sobre a participação em lutas do WEF (World Extreme Fighting), Rings, Pride, HCF (Hardcore Championship Fight), Affliction, Jungle Fight, Gladiator e UFC (Ultimate Fight Championship).

Marina conta a origem dos dois atletas, que nasceram em Vitória da Conquista (BA) e se mudaram para a casa da avó materna, em Salvador, cidade onde começaram a frequentar uma academia próxima ao local onde moravam.

“Para admiração dos colegas e professores, ambos eram muito aplicados nos treinos e rapidamente se destacaram. Um dos colegas do Rodrigo o apelidou de Minotauro por sua enorme força física”, contou.

Após vencer competições de nível nacional, Rodrigo Minotauro foi para os Estados Unidos competir no Campeonato Pan-Americano de Jiu-Jítsu.

“Apesar de a luta ter sido muito difícil, pois seu oponente já era um lutador de vale-tudo, Rodrigo venceu, e assim entrou pela porta da frente nos Estados Unidos”, descreveu.

Entretanto, nem tudo foram flores no início carreira de Minotauro no exterior. Marina relatou um caso de racismo durante passagem do lutador nos Estados Unidos.

“Foi numa viagem, ao norte dos Estados Unidos, depois de uma luta vitoriosa, que notei que Rodrigo estava muito triste. Perguntei o que havia acontecido. Ele me disse que não tinha gostado do que gritaram para o seu adversário: ‘Mata esse negro, tailandês!’. Rodrigo estava magoado com a agressividade racista que demonstraram contra ele”, contou.

Além de outras histórias, o livro possui um caderno de imagens, com fotos que contam a história dos lutadores, além das fichas técnicas de cada um dos irmãos, com peso, altura, modalidades e o histórico de lutas e títulos conquistados.

Ficha técnica
"Meus filhos Minotauro & Minotouro"

Autora: Marina Correia
Editora: Planeta
Páginas: 148

Tags:
Rodrigo Minotauro, Rogério Minotouro, Livro, UFC, MMA
  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: