Quarta, 03 de Junho de 2020

O Repórter

Mesmo em quarentena, Diego mostra sede de títulos

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 09 de abril de 2020 às 14:47 (Atualizada em 09 de abril de 2020 às 17:09)

RIO (Agência Brasil) - Em época de quarentena é comum haver momentos de impaciência, desespero, de se questionar quando tudo isso vai passar e, finalmente, poder viver mais aliviado. Quer uma dica de como superar essa fase? Um grande exemplo vem de dentro do elenco do Flamengo. O meia Diego Ribas chegou ao Rio de Janeiro como grande contratação, recebeu duras críticas após a eliminação na Copa do Brasil para o Athletico-PR, sofreu sua pior lesão na carreira, mas foi recompensado com a jogada do gol do título da Libertadores da América de 2019.

Valeu a pena seguir na luta após o pênalti perdido contra o Furacão? O próprio Diego responde.

“É difícil, às vezes, quando você faz tudo da maneira correta, se dedica como deve ser, faz tudo como manda o figurino e os resultados não acontecem por detalhes. Isso em alguns momentos é bem frustrante. Só que o que faz a diferença realmente, e o que é algo fundamental para um campeão, é a perseverança, independente das circunstâncias que se vive. Naquele momento foi uma decepção gigantesca, porque sempre sonhei em conquistar um grande título no Flamengo. Eu decidi, mesmo diante de tanta cobrança, diante de tanta dificuldade, decidi perseverar e continuar sonhando. O resultado foi que veio pela frente um título muito impactante, que é a Libertadores, também o Brasileiro. Vale a pena seguir, perseverar e superar esses momentos, porque no momento da glória valoriza ainda mais toda a trajetória”.

O “homão” rubro-negro participou de uma transmissão ao vivo pelo canal oficial do Flamengo no Youtube na última quarta (8) e falou muito sobre o atual momento do país e do futebol, além do 2019 vitorioso do elenco. Em isolamento social dentro de casa, Diego não negou a ansiedade para voltar aos gramados.

“Realmente está sendo um período delicado, e nós jogadores estamos procurando seguir todas as recomendações, e é essa a mensagem que passamos para todos. A expectativa é muito grande de poder retornar. É o que nós amamos fazer, faz parte da nossa vida, do dia a dia jogar futebol e ter o contato com os torcedores, porque nos motiva a cada dia para trabalhar, para ser melhor. Neste momento, vamos controlando a ansiedade e a vontade. Todos temos feito um trabalho físico com respaldo da nossa preparação física e do departamento médico para que possamos estar, na medida do possível, bem fisicamente para quando voltar, voltar da melhor maneira”.

Para espantar o tédio dentro de casa, vale até apelar para a esposa cortar o cabelo. Diego publicou em sua conta no Instagram a “aventura”, uma brincadeira que fez sucesso nas redes sociais.

“Estamos sempre viajando muito, concentrando bastante. Acredito que nunca fiquei tanto tempo em casa, mesmo nas férias acabamos fazendo uma coisa ou outra e ficamos distante. Agora tem sido um período constante dentro de casa, com esse relacionamento com os familiares, e aí sobra para a esposa cortar o cabelo. Surpreendeu, foi um gesto de confiança, deixei na responsabilidade dela e ela correspondeu muito bem. Vamos encontrando soluções conforme vão surgindo pequenos empecilhos que nós não temos do que reclamar”.

Apesar do bom humor, o meio-campista rubro-negro sabe que o retorno aos gramados terá que ser em um ritmo acelerado.

“Nossa mentalidade é realmente vencedora, de um time que gosta e quer ser campeão, e por isso todos os jogadores estão se cuidando e trabalhando na medida do possível. Agora existe algo que é insubstituível, que é a competição. Você competir no treinamento, mas principalmente no jogo, é o que eleva seu nível físico e técnico, e isso é fundamental. Acredito que o que vai ser muito importante é, realmente, a equipe na primeira semana, 10 dias, no limite do trabalho físico e técnico para que possamos estar o mais próximo da nossa forma ideal e voltar a competir em alto nível”.

Sede de títulos. Mesmo em casa, Diego representa o que o elenco do Flamengo multicampeão de 2019 ainda espera para 2020. Portanto, não é hora de esmorecer, torcedor rubro-negro, o ano ainda pode reservar muitas alegrias para você.


  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: