Sexta, 03 de Dezembro de 2021

O Repórter

Ministro das Comunicações afirma que denúncias contra a Rede TV são graves

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação - 07 de agosto de 2013 às 11:21

RIO DE JANEIRO (O REPÓRTER*) - Ao tomar conhecimento, pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão no Estado de São Paulo, de que a RedeTV! estaria desrespeitando os direitos trabalhistas de seus funcionários, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, qualificou como grave as denúncias recebidas.

O sindicato havia encaminhado uma carta, à presidente Dilma Rousseff e aos ministros da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, e da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, onde detalhava os abusos que a emissora de Amilcare Dallevo Júnior estaria cometendo e pedia ainda a cassação da concessão do canal.

O ministro afirmou não ter recebido o documento, mas concordou que a denúncia é importante.  “A denúncia é grave, principalmente, se for confirmado que a emissora não repassa as parcelas do INSS à Previdência Social, o que configura apropriação indébita”, explicou durante participação do Congresso da Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA), na última terça-feira (6/7), em São Paulo.

Paulo Bernardo disse não saber se cabe a ele cassar a concessão com base nas acusações de teor trabalhista. (*com informações do Portal Imprensa)


Tags:
Rede TV!, Imprensa, mercado editorial, TV, crise, ministro das comunicações
  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: