Quinta, 13 de Agosto de 2020

O Repórter

Morre Ennio Morricone, compositor de trilhas sonoras de cinema

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 06 de julho de 2020 às 10:20 (Atualizada em 06 de julho de 2020 às 12:42)
Wikimedia Commons
Ennio tinha 91 anos

RIO (OREPORTER.COM) - Morreu nesta segunda-feira (6), o maestro e compositor italiano Ennio Morricone. Ele é considerado um dos principais autores de trilhas sonoras do cinema.

Ennio tinha 91 anos e estava internado há  10 dias em uma clínica em Roma após sofrer uma queda e fraturar o fêmur. De acordo com uma nota divulgada por  Giorgio Assuma, advogado e amigo do artista, o compositor morreu "no conforto de sua família" e que "pemaneceu lúcido", 

Em sua carreira, Ennio ganhou projeção ao compor as trilhas dos filmes ilatlianos de faroeste, principalmente ao lado de seu amigo, o diretor Sergio Leone. Estão inclusas as trilhas da chamada "trilogia dos dólares", com os longas "Por um punhado de dólares" (1964), "Por um dólares a mais" (1965) e "Três homens em conflito" (1966). 

Foram mais de 500 trilhas sonoras para cinema e televisão, as quais incluem os filmes "Era uma vez na América" (1981), "Os Intocáveis" (1987), "Cinema Paradiso" (1988), enre outros.

Apesar da longa carreira, Ennio só foi ganhar um Oscar de melhor trilha sonora em 2016, pelo filme "Os Oito Odiados", de Quentin Tarantino. Em 2007, ele já havia levado uma estatueta honorária.

De acordo com Assuma, o velório será em uma cerimônia perticular  "em respeito à humildade que inspirou toda a sua vida".

Ennio diexa esposa, Maria, e três filhos e uma filha.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: