Sábado, 16 de Novembro de 2019

O Repórter

Morre aos 88 anos o diretor de televisão Maurício Sherman

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 17 de outubro de 2019 às 12:00 (Atualizada em 17 de outubro de 2019 às 12:47)
Fabricio Mota/TV Globo
Maurício Sherman tinha 88 anos

RIO (OREPORTER.COM) - Morreu nesta quinta-feira (17), aos 88 anos, o diretor de televisão Maurício Sherman. Ele ficou conhecido por estar à frente de programas apresentados por Xuxa e Fausto Silva, além dos humorísticos "os Trapalhões e "Zorra Total".

Maurício morreu em casa, na Zona Sul do Rio de Janeiro, em decorrência de uma doença renal crônica.

Nascido em 1931, no Rio de Janeiro, Maurício foi ator de teatro e de rádio, além de ter feito dublagens para filmes da Disney na década de 1950. Na televisão, chegou em 1951, digirindo uma versão da Paixão de Cristo na TV Tupi. Em 1952, esteve na TV Paulista e foi para a TV Tupi carioca em 1954. Após passagem na TV Excelsior, foi para a Globo em 1965, deixando a emissora em 1968.

Retornou a Globo em 1972, onde dirigiu o humorístico "Faça humor não faça guerra". Em 1973, ajudou a criar o "Fantástico", que segue no ar até hoje na grade dominical da emissora. Em 1977, foi para a TV Tupi de São Paulo para a direção artística. Voltou para a Globo em 1981, dirigindo os humorísticos "Chico Anysio Show" e "Os Trapalhões". Em 1983, foi supervisor artístico da TV Bandeirantes. A partir de 1984, passou a estar na recém-inaugurada Rede Manchete, onde revelou as apresentadoras Xuxa Meneghel e Angélica. 

Em 1988, voltou à Globo para dirigir novamente o humorístico "Os Trapalhões". Ainda trabalhou como supervisor do "Video Show", em 1994. Em 1999, asusmiu o humorístico "Zorra Total", permanecendo 15 anos à frente do programa. Em 2001, dirigiu o "Domingão do Faustão". Suas últimas particiipações foram nos especiais "Chico e Amigos", de Chico Anysio, de 2009 a 2011.

 

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: