Sábado, 19 de Outubro de 2019

O Repórter

Morre o cantor português Roberto Leal

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 15 de setembro de 2019 às 10:05
Divulgação
Roberto Leal tinha 67 anos

RIO (OREPORTER.COM) - Morreu neste domingo (15), aos 67 anos, o cantor português Roberto Leal. Ele estava internado no Hospital Samaritano, em São Paulo, desde a última terça-feira após reação alérgica a um medicamento. Há dois anos estava em tratamento contra um câncer.

Roberto Leal nasceu em 27 de novembro de 1951, na cidade portuguesa de Macedo de Cavaleiros. Emigrou para o Brasil na década de 1960, onde despontou como cantor. Em 1971, obteve o seu primeiro sucesso com a música "Arrebita", que tinha o refrão "Ai cachopa, se tu queres ser bonita, arrebita, arrebita, arrebita". Outro sucesso do cantor foi "Bate o pé".

Desde então, Roberto Leal tornou-se um símbolo da cultura portuguesa no Brasil. Foram mais de 17 milhões de discos vendidos em 45 anos de carreira. Além de discos com os ritmos populares de Portugal, Roberto Leal lançou trabalhos com gêneros tipicamente brasileiros, incluindo um álbum só com canções de Roberto Carlos, em 1998.

Foi nos anos 1990 que Roberto Leal voltou a ficar em evidência por que a banda Mamonas Assassinas satirizou a música "Arrebita" com a música "Vira Vira". 

Além da carreira musica, Roberto Leal ainda protagonizou um filme, “O milagre – O poder da fé”, de 1978, inspirado em sua própria biografia.

Seu último álbum foi "Arrebenta a Festa", lançado em 2016. A música título foi feita em parceria com Quim Barreiros, um dos grandes nomes da música popular de Portugal.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: