Terça, 29 de Setembro de 2020

O Repórter

Morre o jornalista e publicitário Enio Mainardi

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 08 de agosto de 2020 às 16:09 (Atualizada em 11 de agosto de 2020 às 01:57)
Reprodução/Instagram
Enio Mainardi tinha 85 anos

RIO (OREPORTER.COM) - Morreu neste sábado (8), aos 85 anos, o jornalista e publicitário Enio Mainardi. Segundo seu filho, o também jornalista Diogo Mainardi, ele estava com Covid-19.

Enio Mainardi é considerado como um dos principais nomes da publicidade no Brasil. Seu nome aparece no livro "Dicionário histórico-biográfico da propaganda no Brasil", lançado em 2007 por Christiane Jalles de Paula e Alzira Alves de Abreu.

De acordo com a publicação, Enio nasceu em Pindorama (SP), no dia 24 de maio de 1935. Cursou até o 2º ano da Faculdade de Direito da Universidade de São Pauolo. Como jornalista, iniciou a carreira no extinto Correio Paulistano. Na década de 1960, começou a trabalhar com publicidade, inicalmente como redator na Norton Propaganda.

Em 1963, passou a trabalhar na Proeme, onde também foi presidente. Em 1989, presidiu a Mainardi Propaganda Ltda, vendida a Roberto Jutus em 1999. A companhia passou a fazer parte do Grupo NewcommBates, onde Mainardi fez parte da equipe de planejamento estratégico de comunicação e marketing.

Nos últimos anos, Enio Mainardi ocupava-se de fazer análises políticas através das redes sociais.

Como escritor, Enio Mainardi publicou os livros "Nenhuma Poesia é Inocente" (2007) e "O Moedor" (2013).

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: