Sexta, 03 de Abril de 2020

O Repórter

NFL: San Francisco 49ers e Kansas City Chiefs duelam pelo Super Bowl LIV

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 02 de fevereiro de 2020 às 15:30 (Atualizada em 02 de fevereiro de 2020 às 23:02)
Reprodução/@NFLBrasil
O Hard Rock Stadium recebe o Super Bowl LIV

RIO (OREPORTER.COM) - O Super Bowl chega à edição 54 neste domingo (2), com duelo entre San Francisco 49ers e Kansas City Chiefs. A final é comemorativa à 100ª temporada da NFL, a liga profissional de futebol americano dos Estados Unidos, e será realizada às 20h30, no  Hard Rock Stadium, em Miami (EUA).

Será um título bastante importante para ambas as equipes, que não veem um troféu do Super Bowl em anos. Os 49ers não conquistam o Super Bowl desde 1995 e não aparecem na decisão desde 2013. Já os Chiefs têm a sua última conquista de 1970, data de sua última aparição na decisão da NFL.

Uma final com dois times que estão fora do lugar mais alto do pódio em décadas marca a interrupção (ou será o fim?) da hegemonia do New England Patriots, que apareceram em quatro das cinco finais da NFL, tendo vencido três disputas. Os Pats foram supreendidos pelo Tennesee Titans ainda na fase do wildcard. Os Titans ainda passaram pelo Baltimore Ravens, mas acabaram caindo diante do Kansas City na final da Conferência Americana (AFC). Antes de encarar o Tennesee, os Chiefs haviam vencido o Houston Texans.

Do outro lado, pela Conferência Nacional (NFC), os 49ers avançaram para a decisão de conferência com vitória sobre o Minnesota Vikings. Na decisão, eles encararam o Green Bay Packers e saíram com a vitória.

Mahomes carrega os Chiefs

O grande destaque dos Chiefs para o Super Bowl é Patrick Mahomes. O quarterback foi o grande responsável pela aparição do time de Kansas City na decisão, tendo sido o responsável pela virada sobre o Tennesee Titans pelo placar de 35 a 24. 

Mahomes faz uma boa dobrainha com Tyrek Hill, wide receiver dos Chiefs. A velocidade do jogador chamou a atenção de Pelé, o rei do futebol tradicional. "Meu amigo, há 50 anos atrás, ganhei a Copa do Mundo com o Brasil. Agora, é a sua vez! Boa sorte!", disse o Rei ao relembrar a conquista de 1970, ano do último título dos Chiefs.

Corridas e os chutes são as apostas dos 49ers

Na decisão da NFC, os 49ers contaram bastante com os chutes do placekicker Robbie Gould e as corridas do running back Raheem Mostert para conquistar a vitória contra o Green Bay Packers.

Para conduzir o jogo, a bola fica nas mãos do quarterback Jimmy Garoppolo. Mas o jogador não vem passando tanto as bolas durante os playoffs, o que deixou o time de San Francisco dependente das jogadas corridas e na bola parada. Outro forte da equipe pode ser a defesa, principalmente com o defensive end Nick Bosa e com o defensive tacke Mitchell Schwartz. Aliás, Bosa foi eleito o melhor calouro defensivo da NFL.

Fora do campo

Shakira e Jennifer Lopez serão as responsáveis por fazer o show do intervalo do Super Bowl LIV. Serão 13 minutos de espetáculo, e as cantoras vão faturar US$ 13 milhões, ou seja, um milhão de dólares por minuto. Assim como em anos anteriores, os detalhes do show são guardados em segredo, mas a produção já afirmou que aparições surpresa de outros artistas deverão abrilhantar ainda mais o espetáculo.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: