Quarta, 08 de Dezembro de 2021

O Repórter

Nos pênaltis, Brasil passa pelo México e vai à final no futebol masculino

Em duelo de goleiros, Santos levou a melhor sobre Ochoa

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 03 de agosto de 2021 às 07:54 (Atualizada em 05 de agosto de 2021 às 00:34)
Lucas Figueiredo/CBF
O Brasil está na final dos Jogos Olímpicos e já garantiu ao menos uma prata

RIO (OREPORTER.COM) - Em um duelo de goleiros, o Brasil avançou à final da disputa do futebol masculino dos Jogos Olímpicos. Nesta terça-feira (3), a equipe verde e amarela encarou o México no estádio do Kashima Antlers e empatou por 0 a 0, com destaque para o veterano Ochoa. Nos pênaltis, porém, quem fez a diferença foi Santos, que defendeu uma cobrança e ajudou a equipe na vitória por 4 a 1. Com o resultado, o tim comandado por André Jardine segue buscando a manutenção do título conquistado em 2016, no Rio de Janeiro.

O México tentou dar perigo aos oito minutos, quando Martín cabeceou para fora após cobrança de escanteio. O Brasil passou a segurar a bola, trocando passes em busca de espaços para finalizar. A equipe verde e amarela arriscou aos dez, com chute de Claudinho em cima da marcação. Já aos 13, Arana arriscou e parou no goleiro Ochoa.

A equipe verde e amarela permaneceu com maior fatia na posse de bola. Aos 19, Antony recebeu de Daniel Alves e chutou rasteiro para a defesa de Ochoa. O goleiro mexicano foi novamente acionado aos 22, quando Daniel Alves tentou em cobrança de falta. 

O Brasil chegou a ganhar um pênalti aos 27, quando Douglas Luiz foi derrubado na área. Richarlison já estava até com a bola, mas a verificação do VAR fez o árbitro voltar atrás. 

A partida seguiu com o Brasil tendo mais a bola e buscando espaços para chegar ao gol. O México só voltou a arriscar aos 40, em um contra-ataque que terminou com chute forte de Romo. O goleiro Santos fez a defesa. 

Na segunda etapa, o México apostou na marcação forte para cima do Brasil. A equpe verde e amarela tentou aroveitar quando conseguia espaços, mas sem muito sucesso. Aos 20, Antony arriscou rasteiro, com a bola saindo fraca e ficou fácil para a defesa de Ochoa.

Depois, o jogo seguiu truncado e faltoso. O Brasil só voltou ao ataque no minuto 36, quando Daniel Alves mandou a bola na cabeça de Richarlison, que acertou a trave. A reposta do México veio aos 39, com cabeçada de Montes após cobrança de falta para a defesa de Santos. O Brasil seguiu procurando oportunidades até o fim, sem sucesso. Dessa forma, a decisão foi para a prorrogação.

O México partiu para cima durante o primeiro tempo extra. Aos quatro, Lainez cruzou para Martín, que cabeceou por cima do gol. O Brasil tentou aos 13, com chute cruzado de Arana para fora. No segundo tempo da prorrogação, o Brasil manteve a bola e tentou achar espaços, mas os mexicanos estavam mais interessados em empurrar a decisão para os pênaltis. E foi isso que aconteceu.

Nos chutes, Daniel Alves foi o primeiro a converter. Santos defendeu o chute de Aguirre, deixando o Brasil em vantagem. Martinelli, Bruno Guimarães  e Reinier marcaram para os brasileiros. Carlos Rodríguez foi o único a marcar para o México, pois Vasquez acabou acertando a trave.

A decisão está marcada para este sábado (7), às 8h30. O Brasil vai enfrentar a Espanha, que eliminou o Japão.

FICHA TÉCNICA
BRASIL (4) 0 X 0 (1) MÉXICO

Local: Estádio Kashima, em Kashima (JAP)
Árbitro: Georgi Kabakov (BUL)
Assistentes: Martin Margaritov (BUL) e Diyan Valkov (BUL)
VAR: Marco Guida (ITA)

Cartões amarelos: Diego Carlos, Antony, Reinier, Douglas Luiz, Bruno Guimarães (BRA); Montes, Lainez, Loroña (MEX)

BRASIL: Santos, Daniel Alves, Nino, Diego Carlos, Guilherme Arana; Douglas Luiz (Matheus Henrique), Bruno Guimarães, Claudinho (Reinier); Antony (Malcom);, Richarlison e Paulinho (Martinelli). Técnico: André Jardine

MÉXICO: Ochoa; Loroña, César Montes, Johan Vásquez, Angulo (Mora); Esquivel (Carlos Rodríguez), Luís Romo, Córdova (Ricardo Angulo); Antuna (Lainez), Alexis Vega (Alvarado) e Henry Martín (Eduardo Aguirre). Técnico: Jaime Lozano

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: