Sexta, 14 de Agosto de 2020

O Repórter

Nos pênaltis, Fluminense vence o Flamengo e fatura a Taça Rio

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 08 de julho de 2020 às 23:51 (Atualizada em 09 de julho de 2020 às 00:27)
Mailson Santana/Fluminense
Muriel brilhou na disputa de pênaltis

RIO (OREPORTER.COM) - O Fluminense impediu o fim precoce do Campeonato Carioca e faturou o título da Taça Rio, returno da competição, nesta quarta-feira (8). O Tricolor das Laranjeiras saiu na frente, mas cedeu o empate para o Flamengo no decorrer da partida, fechando o placar em 1 a 1. Nos chutes, Muriel brilhou e deu o título ao time comandado por Odair Hellmann, que voltará a enfrentar o rubro-negro em mais dois jogos pela decisão do estadual.

A partida começou com o Flamengo tocando a bola, com o Fluminense ajustando a marcação. A equipe rubro-negra buscava os seus atacantes, mas parava na defesa adversária. Assim, o primeiro tempo se transcorreu sem grandes emoções no Maracanã.

Foi só o Fluminense avançar que houve jogadas de perigo. Aos 24 minutos, Nenê levantou a bola para a área em cobrança de falta. A bola ficou com Gilberto, que cabeceou para a defesa de Diego Alves. 

Aos 29, o Flamengo tentou responder. Rafinha mandou a bola para a área, a defesa tentou tirar, e Arrascaeta mandou por cima do gol de Muriel. 

O Fluminense seguiu pressionando e teve boa chance aos 35 minutos. Egídio cruzou, Nenê tentou chutar, a bola ficou com Yago Felipe, que chutou para perto do gol. 

Já aos 37, a rede balançou no Maracanã. Egídio levantou a bola em cobrança de falta, a bola veio desviada de caneça direto para Gilberto, que também cabeceou e abriu o placar para o Fluminense.  


Gilberto colocou o Fluminense na frente (Foto: Lucas Merçom/Fluminense FC)

No restante da primeira etapa, o Flamengo pouco fez para deixar tudo igual. A equipe rubro-negra viu o adversário se empenhar em impedir o avanço do oponente, garantindo a vantagem nos primeiros 45 minutos de partida.

O Flamengo voltou para o segundo tempo com um pouco mais de disposição em sair da desvantagem. Aos nove, Rafinha cruzou para Bruno Henrique, que cabeceou para a defesa de Muriel. Já aos 19, Gérson mandou de cabeça após cruzamento de Filipe Luís, passando perto da meta adversária.

A partida seguiu com o Flamengo pressionando e o Fluminense investindo na marcação. Muriel também era bem acionado e apareceu aos 21, ao defender a cabeçada de Gabigol. 

Depois, os treinadores apostaram em mudanças. Michael foi a aposta de Jorge Jesus, enquanto que Odair Hellmann veio com Caio Paulista. O jogador tricolor veio aos 29, com um chute que passou por cima do gol de Diego Alves. 

Outra mudança foi a entrada de Pedro, que fez a diferença e empatou o duelo. Aos 31, o jogador recebeu o cruzamento de Filipe Luís e cabeceou para o gol. 

A partida ganhou mais intensidade à medida em que chegava perto do fim. O Flamengo teve chance de virar aos 39, mas Bruno Henrique mandou para fora. O atacante teve chance com uma cabeçada aos 40, só que Hudson tirou em cima da linha. O rubro-negro seguiu pressionando, mas o placar ficou em 1 a 1. Assim, a decisão ficou para os pênaltis.

Nos chutes, Nenê e Gabigol acertararam suas cobranças. Diego Alves defendeu o chute de Dodi, mas Arão parou em Muriel. Hudson converteu e colocou o Fluminense na frente, pois Léo Pereira chutou mal demais e perdeu para o rubro-negro. 

Michel Araújo parou em Diego Alves, enquanto que Pedro converteu para o Flamengo. Fernando Pacheco guarou o seu em seguida, e Rafinha parou em Muriel, que garantiu o título para o Fluminense.


Fluminense é o campeão da Taça Rio (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

Próximos jogos

Campeão da Taça Rio, o Fluminense encara o campeão da Taça Guanabara, que é o próprio Flamengo, na final do Cariocão. As datas das partidas ainda serão definidas pela Ferj.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 (3) X 1 (2) FLAMENGO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa e Thiago Henrique Farinha
VAR: Rodrigo Nunes de Sá
Cartões amarelos: Nenê e Gilberto (FLU); Léo Pereira, Rafinha e Filipe Luís (FLA)

GOLS: Gilberto (FLU); Pedro (FLA)

FLUMINENSE: Muriel, Gilberto (Michel Arapujo), Matheus Ferraz, Nino e Egídio; Hudson, Dodi, Yago (Yuri) e Nenê; Marcos Paulo (Caio Paulista) e Evanílson (Fernando Pacheco). Técnico: Odair Hellmann

FLAMENGO: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson (Diego) e Éverton Ribeiro (Michael); Arrascaeta (Pedro), Bruno Henrique (Vitinho) e Gabriel Barbosa. Técnico: Jorge Jesus

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: