Sexta, 03 de Abril de 2020

O Repórter

Nos pênaltis, Internacional vence o Grêmio e leva a Copa São Paulo

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 25 de janeiro de 2020 às 12:24 (Atualizada em 25 de janeiro de 2020 às 12:47)
Ricardo Duarte/Divulgação
O Internacional faturou a Copinha

SÃO PAULO (OREPORTER.COM) - O Internacional é o grande campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2020. Neste sábado (25), no Pacaembu, a equipe colorada derrotou o rival Grêmio, nos pênaltis, por 3 a 1, após o tempo regulamentar ter encerrado em a 1 a 1.

Com a bola rolando, o Grêmio partiu para cima. Aos dez minutos, Rildo mandou para o gol, e Emerson fez a defesa. Pedro Lucas tentou aos 14, mas chutou fraco demais.

O colorado passou na defesiva durante os primeiros minutos, mas passou a atacar mais no decorrer da etapa inicial. Aos 17, Caio tentou e mandou por cima do gol. Já aos 21, Leonardo cruzou para Adriel defender.

A partida seguiu com o Internacional pressionando, mas sem conseguir grandes chances. O Grêmio trocou passes e buscou avançar na reta final da primeira etapa, o que não adiantou muito. Assim, o placar ficou em 0 a 0 na primeira etapa.

O tempo complementar começou com mais movimentação. Caio tentou para o Internacional no primeiro minuto em três tentativas, mas foi travado pela defesa. Já aos três, Rildo respondeu para o Grêmio em chute defendido por Emerson.

Aos sete, o Tricolor Gaúcho saiu na frente. Fabrício cruzou na área, e Leonardo Barbosa acabou desviando contra o próprio gol, deixando o Grêmio em vantagem. Quem acabou levando a pior foi Calegari, que foi expulso por ter subido no alambrado na hora da comemoração, o que é proibido pelas regras do futebol. O jogador já tinha um cartão amarelo e levou o segundo, tendo que sair de campo.

Essa expulsão mudou o panorama do jogo, deixando o Grêmio mais recuado. Tanto que Guilherme Pato aproveitou e empatou aos 12, após receber o cruzamento de Luiz Fernando e fazer o simples desvio para o gol.

Aos 17, Praxedes quase virou para o Internacional ao acertar a trave. Após ficar recuado, o grêmio voltou a sair ao ataque no minuto 22, quando Elias mandou um forte chute para a defesa de Emerson.

O Grêmio fechou o espaços na tentativa de frustar as tentativas do Internacional. O colorado chegou perto aos 42, quando Pato macabou parando no goleiro Adriel. Nos acréscimos, Diego perdeu na cara do gol para o Tricolor Gaúcho. Em seguida, Leonardo chutou pelo lado de fora da rede para o Inter.

Nos pênaltis, o Grêmio levou a pior. Vitor Prado chutou para fora, enquanto que Wesley Moreira e Gabriel Gonçalves acertaram a trave - apenas Gazão converteu. O Internacional marcou com Cezinha, Thiago Barbosa e Carlos Eduardo, perdendo apenas com Matheus Monteiro. Dessa forma, o colorado levou o título pela sétima vez - a equipe do beira-Rio já havia vencido as edições de 1974, 1978, 1980 e 1998.

Escalações

INTERNACIONAL: Emerson Júnior; Lucas Mazetti, Tiago Barbosa, Carlos Eduardo e Leonardo; Murilo (Volnei), Praxedes (Thális) e Cesinha; Guilherme Pato, Caio (Léo Ferreira) e Matheus Monteiro. Técnico: Fábio Matias.

GRÊMIO: Adriel; Heitor, Alison Calegari, Luis Fernando (Gonçalves) e Matheus Alves; Diego Rosa, Gazão e Pedro Lucas (Natã); Rildo (Vitor Prado), Elias e Fabrício (Wesley Moreira). Técnico: Guilherme Bossle.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: