Quarta, 26 de Junho de 2019

O Repórter

Nosso objetivo é a vida eterna

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 14 de maio de 2019 às 11:00

Por Monsenhor Jonas Abib*

Deus sabe de tudo que nós precisamos e, se canalizamos tudo para o nosso querer, só atrapalhamos. Mas se abrimos mão da nossa vontade, é claro que Deus vai atender às nossas necessidades no Seu momento e do Seu jeito.

As pessoas escapam das mãos de Deus porque não há oração desinteressada. Ele é bom, cheio de compaixão para conosco e agora nos coloca na Sua escola para aprendermos a buscá-Lo, porque é o nosso Deus.

Nessa escola, é preciso se disciplinar: a disciplina gera santos. Mas para que a disciplina aconteça, é necessário que haja organização. Precisamos organizar a nossa vida em todos os sentidos: organizar nossa vida com Deus, nossa vida de trabalho, nosso interior, nossa casa.

Enfim, se faz necessário, começar pela retomada da organização das mínimas às grandes coisas que envolvem a nossa vida. Na nossa vida, nada deve ficar entulhado. A revisão de vida nos leva a uma maior intimidade com o Senhor, acalma nosso interior agitado, nos faz perceber a ação da Providência Divina em nossas vidas.

Quando a criança está para nascer, ela é expulsa do útero da mãe, onde teve conforto, calor e afeto. Para ela é como uma morte, porém ela precisa enfrentar essa passagem dura e angustiante para vir à vida. Conosco também acontece assim.

Vivemos aqui na Terra durante uns bons anos e gostaríamos de que fosse por longo tempo. Por mais problemas que tenhamos, gostaríamos de ficar por aqui mesmo e nem pensar em morte. Só que não fomos feitos para viver aqui. Perdemos a visão e o nosso objetivo: a vida eterna.

Com todos os acontecimentos da oficina dessa vida, Deus faz com que tudo concorra para deixarmos aqui todo orgulho, egoísmo e ruindade. Assim, quando chegar a hora do nosso “nascimento para a vida eterna”, sejamos projetados em Deus.

Seu irmão,
Monsenhor Jonas Abib

*Fundador da Comunidade Canção Nova, presidente da Fundação João Paulo II, mantenedora do Sistema Canção Nova de Comunicação, em Cachoeira Paulista (SP) e reitor do Santuário do Pai das Misericórdias. É um dos religiosos que mais se destacou utilizando os meios de comunicação na ação evangelizadora da Igreja Católica, na América Latina. Autor de 57 livros, CDs e DVDs, além de várias palestras em áudio e vídeo.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: