Quinta, 27 de Fevereiro de 2020

O Repórter

ONG vai selecionar pacientes no Rio para mutirão de cirurgia de lábio leporino

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 07 de outubro de 2013 às 19:08

RIO DE JANEIRO (Agência Brasil) - Com o objetivo de reinserir à sociedade pessoas com lábio leporino e fenda palatina, má formação facial, a organização não governamental (ONG) Operação Sorriso irá selecionar, amanhã (8) e quarta-feira (9), crianças e adultos para um mutirão de cirurgias.

A triagem começará a partir das 8h, na Policlínica Piquet Carneiro, na Tijuca, zona norte. As cirurgias serão feitas entre os dias 12 e 16 deste mês, no Hospital Pedro Ernesto, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), também na zona norte.

Os pacientes não precisam se inscrever previamente. Basta comparecer ao local com documentos de identificação e do responsável. Pela quinta vez na cidade, a equipe da organização, composta por 80 voluntários, quer atingir a meta de 100 cirurgias. Cerca de 400 pessoas já foram operadas pela Operação Sorriso no estado.

Para o médico Henrique Cintra, membro do conselho diretor da ONG, o principal objetivo do mutirão é diminuir a fila de espera para no estado. "O ideal, para a criança que tem essa deformidade, é ser operada até um ano de idade, porque é nesta fase que a fenda começa a afetar a fala, dentição e o desenvolvimento social. Buscamos enxugar ao máximo a demanda, e permitir que crianças há muito tempo na fila por cirurgia sejam atendidas. Corremos contra o tempo para evitar maiores consequências na vida do paciente", explicou.

Segundo Cintra, os pacientes que não forem operados serão encaminhados para a fila de espera do Centro de Tratamento de Anomalias Craniofaciais da Uerj, que além de fazer a cirurgia, também dispõe de acompanhamento do pós-operatório.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 650 crianças nascidas, uma tem a fissura. Todos os anos, 5.800 mil casos surgem no mundo. Para a superintendente de Atenção Básica da Secretaria Estadual de Saúde, Andréa Mello, o trabalho Operação Sorriso se soma ao da rede pública. “Apoiamos iniciativas como esta, porque mais que um sorriso, os pacientes ganham a chance de viver melhor, de ter um futuro digno”, disse.

A organização já atendeu 200 mil pessoas em todo o Brasil. O próximo mutirão de cirurgias será entre os dias 2 e 7 de dezembro, em Santarém (PA).

Tags:
Lábio Leporino
  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: