Segunda, 30 de Novembro de 2020

O Repórter

Oito pessoas são indiciadas após incêndio no Hospital Badim

Incidente aconteceu em setembro do ano passado

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 30 de outubro de 2020 às 11:14 (Atualizada em 30 de outubro de 2020 às 11:21)
Fernando Frazãio/Agência Brasil
Incêndio no Hospital Badim, na Tijuca

RIO (OREPORTER.COM) - A Polícia Civil, por meio da 18ª DP (Praça da Bandeira) indiciou oito pessoas pelo incêndio no Hospital Badim, na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro. O incidente ocorreu em setembro do ano passado.

De acordo com a Polícia Civil, os indiciados irão responder 15 vezes por homicídio doloso qualificado, duas vezes por homicídio, além do crime de incêndio. Entre os indiciados estão diretores do hospital, responsáveis pela engenharia da unidade de saúde, arquiteto e diretores da empresa responsável pela construção e manutenção do gerador.  

Investigações apontaram que houve obras irregulares no hospital, defeito no sistema de prevenção de incêndio e um plano de evacuação falho. A perícia apontou que o incêndio começou no gerador da unidade, que estava em um lugar sem proteção e deveria ficar dentro de um compartimento que pudesse resistir ao fogo.

Segundo o laudo do IML, a maioria das vítimas morreram por inalação de fumaça e complicações pelo desligamento de aparelhos, por causa da falta de energia no local. Dezessete pessoas morreram em decorrência do incêndio.

Saiba mais

Fique por dentro das notícias do Rio de Janeiro seguindo as nossas redes sociais. Estamos no Facebook, no Instagram, no Twitter e no Telegram. Você também pode falar conosco pelo nosso Whatsapp. OREPORTER.COM, Informação de verdade na Internet.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: