Sábado, 04 de Julho de 2020

O Repórter

Peregrinos enfrentam dificuldades com transporte para deixar Copacabana

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 25 de julho de 2013 às 22:24

RIO DE JANEIRO (Agência Brasil) - Centenas de milhares de pessoas que participaram do evento da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) na noite de hoje (25), na orla da Copacabana, na zona sul do Rio, precisaram ter paciência. As filas para embarcar no metrô se estendiam por mais de 1 quilômetro. Além disso, a maioria dos ônibus estava estacionada fora do bairro.

De acordo com o Metrô Rio, a Estação Cardeal Arcoverde apresenta o maior movimento, com aproximadamente 500 embarques por minuto. A cada quatro minutos, um trem embarca 1.800 pessoas. É necessário ter o cartão do peregrino para embarcar.

O paraibano, Joel Afonso Santos, reclamou da dificuldade de locomoção na cidade.

“Estou na Tijuca [zona norte] e acabei pegando um ônibus até Botafogo e vim andando, porque a fila no metrô da Tijuca tinha mais de 2 quilômetros e o ônibus ficou preso no trânsito”, disse. “Vim para cá na chuva para não perder a chegada do papa”, completou.

A chuva fria e vento não tirou o ânimo da cadeirante Maiane Teixeira de Sousa, que veio Vitória da Conquista (BA) para a jornada. Ela ainda teria que percorrer alguns quilômetros, com um grupo de amigos, até o bairro da Glória, e de lá pegar um ônibus até Cabo Frio, Região dos Lagos, onde está hospedada. “Valeu a pena e ainda está valendo. Muito bom o evento. Temos pique para andar bem mais de 30 quilômetros”, declarou.

Tags:
Jornada Mundial da Juventude, Copacabana
  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: