Sexta, 03 de Dezembro de 2021

O Repórter

Petrúcio e Evelyn serão os porta-bandeiras do Brasil nos Jogos Paralímpicos

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 16 de agosto de 2021 às 17:33 (Atualizada em 16 de agosto de 2021 às 19:40)
Divulgação
Petrúcio e Evelyn estarão na cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos

RIO (OREPORTER.COM) - O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) divulgou nesta segunda-feira (16) quem serão os porta-bandeiras do Brasil na cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos de Tóquio, no dia 24. Petrúcio Ferreira, do atletismo, e Everly Oliveira, da bocha, vão levar a bandeira brasileira na festividade.

Petrúcio é velocista na classe T47, para amputados de braço. Nos Jogos de 2016, no Rio de Janeiro, ele foi ouro nos 100m e prata nos 400m e no revezamento 4x100m.

"Fica difícil descrever o tamanho da alegria, representar toda uma nação, todos os atletas, e todo o Movimento Paralímpico e as pessoas com deficiência. Seria ainda mais legal se tivesse público [no estádio], mas é um privilégio só estar lá com a bandeira do nosso país, fico sem palavras", disse Petrúcio

Evelyn também competiu na Rio 2016. Ela foi medalha de ouro  nas duplas mistas na classe BC3, ao lado de Evani Soares e Antonio Leme.

"Para mim é uma honra muito grande poder representar todos os atletas. Estava no jantar quando fui chamada para receber o convite. Na hora, até pensei que tinha cometido algum erro. Não esperava participar sequer da abertura dos Jogos", afirmou Evelyn.

O Brasil estará representado em Tóquio por  260 atletas, sendo 164 homens e 96 mulheres. Somando com comissão técnica, médica e administrativa, a delegação chega a 434 pessoas. É a maior representação brasileira em Jogos Paralímpicos no exterior.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: