Terça, 17 de Setembro de 2019

O Repórter

Pilotos chegam a Campo Grande para o Rally dos Sertões 2019

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 24 de agosto de 2019 às 00:30
Bird/Divulgação
O quarteto da Spinelli Racing já está preparado para o Rally dos Sertões

CAMPO GRANDE (OREPORTER.COM) - Começa neste sábado (25) a edição 2019 do Rally dos Sertões, principal prova do gênero no Brasil. Neste ano, a competição terá um trajeto que vai de Mato Grosso do Sul até o Ceará, percorrendo tambpem os estados de Mato grossl, Goiás, Tocantins e Piauí.

Serão oito etapas de Campo Grande (MS) até Aquiraz (CE), totalizando 4.887,59 km. Do trecho de deslocamento, 2.858,46 km serão especiais, que é o percurso a ser cronometrado para a definição do vencedor. 

Entre os destaques está Guiga Spinelli, pentacampeão da prova e que estará ao lado do parceiro habitual Youssef Haddad. "É um objetivo que a gente vem buscando há alguns anos e estamos conseguindo realizar graças ao apoio importantíssimo dos nossos patrocinadores”, disse o piloto.

Guiga está à frente da equipe Mitsubishi Spinelli Racing, pilotando um L200 Triton Sport Racing. Será a 18ª participação no Sertões, enquanto Youssef larga na prova pela 16ª vez.

"Estamos super motivados para fazer uma grande prova, sabendo obviamente que é a nossa volta ao rali depois de 2 anos. É um carro novo que a gente vai encontrar diversas situações que ainda não vivemos. Temos aí alguns favoritos ao título com excelente chance de vitória, mas vamos tentar fazer o nosso melhor. Com muita motivação e empenho. E lá em Aquiraz veremos o que vamos merecer de resultado”, completou o piloto.

Da mesma equipe estará a dupla Bruno van Enck e Edu Costa, que faz a estreia na competição. “Tudo é novo para mim. Já estou aqui em Campo Grande sentindo o clima onde estão todos carros, motos... Quero conhecer tudo bem de perto. Eu estou ansioso para caramba, não durmo há uns 3 dias. E acho que até largada só vai piorar, não vejo a hora de começar”, contou Bruno.

Corinthians Rally

Representando a Corinthians Rally Team está a dupla Fernando Couto e João Afro. Os dois são maranhenses e estarão a bordo uma Mitsubishi L200 Triton RS na categoria Pró Brasil. “Estamos indo para o Sertões em uma nova categoria  superior as demais que já competimos, primeiramente com objetivo de completar todos os dias e também brigar por um bom resultado até a etapa final. O carro estava em desenvolvimento e o grande teste será na prova”, diz o piloto mais conhecido como Fernandão, em sua terceira participação na competição.


Modelo que será usado por Fernando Couto e João Afro, da Corinthians Rally (Foto: Ale Moreira/DFotos)

Por sua vez, o navegador João Afro segue para a quinta edição e comemora as novidades. “Fiquei muito feliz com o convite do Fernando para formar a dupla e, isto, aliado a participação na primeira equipe de rali do Sport Club Corinthians, justamente no ano no qual o Sertões ganhou nova roupagem é desafiador demais”, explica Afro, que completa: “E disputar mais uma vez o maior rali do país com o apoio do governo maranhense é muito gratificante. Vamos lutar para retribuir com um bom resultado.”

Quadriciclos e UTVs

Nos quadriciclos, um dos favoritos é Marcelo Medeiros, bicampeão do Rally dos Sertões pela categoria. O piloto da Taguatur Racing Team estará a bordo de um Yamaha 700 e afirmou que a prova deste ano terá um significado particular.

“Todo ano é um ano diferente. Nestes nove anos de rali, ganhamos maturidade. Não é só acelerar. Temos que dar importância também a chegar inteiro. O importante é manter a cabeça no lugar para gerenciar qualquer problema, seja físico ou do equipamento, para não ficar no meio do caminho”, analisa o piloto campeão das edições de 2012 e 2015, além de deter o vice em 2013. 


Marcelo Medeiros a bordo de seu quadriciclo (Foto: Luciano Santos/SiGCom)

O piloto ainda falou sobre a preparação. “Não tivemos treino. Nossa preparação foi durante as competições que participamos e será na própria corrida. Estamos programados para atender toda a necessidade da equipe durante os dias de prova. O segredo é ter tranquilidade para que nada saia errado, apesar da ansiedade.  O mais importante é manter a constância e ritmo para concluir as oito etapas e subir ao pódio".

Já nos UTVs, um dos nomes presentes é o do goiano Lélio Carneiro Vieira Júnior, que vai para a sua 15ª participação. Ao lado do navegador Weberth Moreira, estreante na disputa, ele pilotará um Can-Am Maverick X3, da equipe PXDs Rally Team.

“O UTV me surpreendeu é um carro muito rápido, ignora alguns obstáculos e muito prazeroso para pilotar, agora dá para entender porque tanta gente migrou para categoria. Fizemos o Rally Jalapão (TO) e o Rally Caminhos da Neve (SC) para nos adaptar e testar as modificações e, agora, é foco total no Sertões só acelerar”, disse Lélio.


Lélio e Weberth a bordo do UTV (Foto: Cadu Rolim/DFotos)

Detalhes

A edição 2019 conta com um grid de 187 veículos (60 carros, 66 motos, 55 UTVs e seis quadriciclos). Neste sábado (24), em Campo Grande, será realizado o prólogo e a definição das posições de largada. A primeira etapa será feita no domingo (25), entre Campo Grande e Costa Rica, com 487km de deslocamento, sendo 415km de trecho cronometrado.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: