Quarta, 24 de Abril de 2019

O Repórter

Poirier e Adesanya são os novos campeões interinos do UFC

Alexandre Pantoja e Poliana Botelho são os destaques brasileiros do UFC 236

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 14 de abril de 2019 às 10:30
Divulgação/UFC
Dustin Poirier venceu no UFC 236 e levou o cinturão

ATLANTA, EUA (OREPORTER.COM) - O Ultimate Fighting Championship (UFC) definiu dois novos campeões interinos. Dustin Poirier e Israel Adesanya conquistaram na noite deste sábado (13) os títulos das categorias leve e médio, respectivamente. Os duelos foram válidos pelo UFC 236, realizado na State Farm Arena, no estado norte-americano da Georgia.

Poirier lutou contra Max Holloway pelo cinturão cujo campeão linear é Khabib Nurmagomedov Na luta, Holowway tentou ser agressivo, mas o oponente era mais eficiente nos golpes.  Além disso, Poirier conseguiu dois nickdows durante o início da luta.

Assim, Holloway chegou ao quarto round com o rosto machucado. Os dois lutadores mantiveram um combate de bom nível nos últimos rounds, apesar do desgaste. Por fim, vitória de Poirier por um triplo 49.46.

"Agora sou campeão mundial e quero unificar o cinturão contra Khabib. Espere uma guerra, porque é isso que vai ser", disse Poirier.

Médios

Israel Adesanya derrotou Kelevin Gastelum (Foto: Divulgação/UFC)

Pelos médios, outro combate de alto nível. O nigferiano Israel Adesanya encarou o americano Kelvin Gastelum e conquistou o título interino por um triplo 48-26. Ele deve enfrentar o australiano Robert Whittaker, campeão linear, pela unificação dos cinturões.

Adesanya apostou na movimentação e nos chutes durante os primeiros rounds. Gastelum, por sua vez, partia para os contra-golpes, mas o nigeriano era resistente. Além disso, Adesanya conseguiu um knockdown durante o segundo round após um golpe direto de direita.

Gastelum tentou levar Adesanya ao solo no terceiro assalto, mas não foi bem sucedido. Os dois lutadores partiram para a trocação franca no quarto round, equlibrando o duelo. A batalha voltou acirrada no último assalto, mas o nigeriano levou vantagem e castigou o oponente. O americano resistiu aos golpes até o fim do duelo.

"Eu estava pronto para uma guerra, e foi uma guerra. Agora sou o campeão", disse Adesanya.

Brasileiros

Três brasileiros lutaram no UFC 236, todos no card preliminar. Alexandre Pantoja enfrentou o compatriota Wilson Reis e venceu no primeiro round. A vitória veio por nocaute, com um direto de direita que derrubou o oponente. No solo, uma série de golpes fez o árbitro encerrar o duelo aos 2 minutos e 58 segundos.

Já Poliana Botelho encarou Lauren Mueller e venceu por decisão unânime do júri (triplo 29-28). A brasileira dominou no combate em pé e garantiu a vitória em sua estreia nos moscas.

Resultados

CARD PRINCIPAL

Dustin Poirier venceu Max Holloway por decisão unânime (triplo 49-46)

Israel Adesanya venceu Kelvin Gastelum por decisão unânime (triplo 48-46)

Khalil Rountree venceu Eryk Anders por decisão unânime (triplo 30-26)

Dwight Grant venceu Alan Jouban por decisão dividida (29-28, 27-30 e 29-28)

Nikita Krylov venceu Ovince St-Preux por finalização aos 2m30s do R2

CARD PRELIMINAR

Matt Frevola venceu Jalin Turner por decisão unânime (triplo 30-27)

Alexandre Pantoja venceu Wilson Reis por nocaute técnico aos 2m58s do R1

Max Griffin venceu Zelim Imadaev por decisão majoritária (29-27, 29-27 e 28-28)

Khalid Taha venceu Boston Salmon por nocaute técnico aos 25s do R1

Belal Muhammad venceu Curtis Millender por decisão unânime (29-27, 29-27 e 30-26)

Montel Jackson venceu Andre Soukhamthath por decisão unânime (30-26, 30-27 e 29-27)

Poliana Botelho venceu Lauren Mueller por decisão unânime (triplo 29-28)

Brandon Davis venceu Randy Costa por finalização a 1m12s do R2

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: