Sábado, 16 de Novembro de 2019

O Repórter

Protestos violentos fazem WGP cancelar evento no Chile

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 19 de outubro de 2019 às 19:50 (Atualizada em 19 de outubro de 2019 às 20:27)
Divulgação
Krespita e Martina lutariam neste sábado

RIO (OREPORTER.COM) - O WGP Kickboxing informou neste sábado (19) o cancelamento do evento que seria realizado neste sábado (19), no Chile. O motivo foram os protestos violentos que invadiram o país entre sexta e sábado. 

De acordo com os organizadores, os grandes eventos estão proibidos até a segunda ordem após o presidente do Chile, Sebastian Piñera, decretar estado de emergência. 

"Entramos em contato com as autoridades para tentar a autorização do evento e esperávamos uma resposta positiva, porém recebemos a confirmação de que todos os eventos estão suspensos. Portanto, é com grande pesar que confirmamos o cancelamento do evento por motivo de força maior, devido às circunstâncias. O WGP lamenta profundamente essa situação. Também fomos pegos de surpresa, mas entendemos que é algo que foge da nossa alçada e não nos dá alternativa. Nossa preocupação agora é com o bem-estar dos atletas e todos os demais envolvidos no evento", disse o WGP, em nota.

O WGP 58 seria realizado neste sábado e traria como luta principal o embate entre a chilena Carolina ‘Krespita’ Rodrígueze a italiana Martina Bernile, pelo título feminino dos moscas. A organização ainda não divulgou se haverá uma nova data para essa luta.

Ainda segndo o WGP, a próxima edição do evento, marcada para o dia 9 de novembro, está com a programação inalterada.

Leia a nota oficial do WGP:

"Por motivo de força maior, o WGP Kickboxing vem a público informar que o evento de número 58, que aconteceria em Santiago, no Chile, na noite deste sábado, dia 19 de outubro, está CANCELADO. Como é de conhecimento público, durante a noite de sexta-feira, dia 18, o Chile se viu em meio a uma chuva de protestos violentos em algumas cidades da grande Santiago, dentre elas, Puente Alto, sede do nosso evento. Como resposta aos protestos, o presidente do país declarou estado de emergência de 15 dias nas cidades que sofreram com as manifestações, o que proíbe a realização de grandes eventos nessas localidades até segunda ordem.

Entramos em contato com as autoridades para tentar a autorização do evento e esperávamos uma resposta positiva, porém recebemos a confirmação de que todos os eventos estão suspensos. Portanto, é com grande pesar que confirmamos o cancelamento do evento por motivo de força maior, devido às circunstâncias. 

O WGP lamenta profundamente essa situação. Também fomos pegos de surpresa, mas entendemos que é algo que foge da nossa alçada e não nos dá alternativa. Nossa preocupação agora é com o bem-estar dos atletas e todos os demais envolvidos no evento. 

Aproveitamos para agradecer todos os lutadores e seus respectivos staffs pelo esforço e dedicação durante todo esse tempo de preparação visando proporcionar um grande show ao público presente no local e em casa, e informamos que daremos o suporte necessário em todas as esferas. 

Agradecemos também à Municipalidade de Puente Alto que, através do Sr. Germán Codina Powers, nos foi dado todo o suporte necessário para a realização do evento, até mesmo depois de tudo o que se passou. 

Voltamos a lamentar o ocorrido e informamos que a programação para próxima edição, que acontece no dia 9 de novembro, em Brasília, segue inalterada."

 

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: