Domingo, 26 de Setembro de 2021

O Repórter

São Paulo já tem mais de 10 milhões de vacinados em primeira dose contra a Covid

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação - 14 de setembro de 2021 às 08:03 (Atualizada em 14 de setembro de 2021 às 08:21)
divulgação

SÃO PAULO (OREPORTER.COM) - A Prefeitura de São Paulo divulgou na noite de segunda-feira(13) que ultrapassou a marca de 10 milhões de pessoas vacinadas com a primeira dose dos imunizantes antiCovid.

Os dados registrados pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), até as 13h, contabilizam 10.030.752 primeiras doses aplicadas. O levantamento registrou também 5.532.142 segundas doses, além de 321.898 doses únicas e 26.757 adicionais. Os dados podem ser acompanhados no boletim Vacinômetro na página Vacina Sampa.

O Estado já iniciou a aplicação da dose adicional da vacina contra Covid-19 para idosos acima de 85 anos de idade, público estimado em 76.849 mil. Neste momento, só estão elegíveis aqueles que tomaram a segunda dose ou a dose única há mais de seis meses. Também podem se cadastrar para a aplicação do reforço vacinal, pessoas imunossuprimidas, com mais de 18 anos, que tomaram a segunda dose ou única há pelo menos 28 dias.

Intercambialidade de vacinas

Também teve início hoje a intercambialidade de vacinas. Ela permite a aplicação da vacina da Pfizer, como segunda dose, em todos os que tomaram a Astrazeneca como primeira dose e deveriam receber a segunda entre 1º e 15 de setembro. Para este grupo são necessárias cerca de 340 mil doses.

Toda a rede estará aberta para a imunização do público elegível para primeira dose (D1), segunda dose (D2) e dose adicional. Os idosos devem comparecer a um dos postos de vacinação do município com o comprovante de vacinação, documento com foto e comprovante de residência na capital.

Com relação aos pacientes acamados em domicílio, a vacinação é feita pela equipe da Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência do usuário, assim como nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) e população indígena aldeada na cidade de São Paulo. A vacinação dos idosos acontecerá com a vacina que estiver disponível nos postos de saúde.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: