Sexta, 14 de Agosto de 2020

O Repórter

St-Pierre sofre, mas vence Hendricks e mantém cinturão dos meio-médios do UFC

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 17 de novembro de 2013 às 10:11

LAS VEGAS, EUA (O REPÓRTER) - Invicto desde 2007, Georges St-Pierre quase deixou o MGM Grand Garden Arena sem o cinturão dos meio-médios do Ultimate Fighting Championship. Johny Hendricks castigou o canadense nos primeiros assaltos, mas o campeão conseguiu ter melhor desempenho na parte final da luta, o que foi decisivo para que conseguisse a vitória por decisão dos jurados. A luta foi válida pelo UFC 167, que comemorou os 20 anos da organização.

O primeiro round foi mais equilibrado. Hendricks conseguia sair das investidas de St-Pierre, que tentava colocar a luta no chão. Os dois ainda apostaram bastante nas joelhadas durante os momentos iniciais de luta.

Hendricks foi efetivo na trocação no segundo assalto. O americano conseguiu boas sequências, que castigou o rosto de Georges St-Pierre.

No terceiro assalto, Hendricks manteve a estratégia em pé e encaixou bons golpes em cima de St-Pierre. O americano ainda conseguiu levar a luta para o chão na parte final do round.

Hendricks conseguiu uma queda no quarto assalto. Os dois ainda trocaram golpes próximo à grade do octógono.

Já no quinto assalto, St-Pierre partiu com tudo e tentou botar o rival no chão. O desafiante foi ao solo, mas conseguiu levantar em seguida. Em seguida, Hendricks colocou o campeão na grade, mas o árbitro mandou os dois de volta para o centro do octógono. Na parte final, St-Pierre mandou o duelo para o chão e pressionou o rival. Por fim, o júri deu a vitória para o canadense por decisão dividida (48-47, 47-48 e 48-47).

Rashad Evans nocauteia Chael Sonnen; Thales Leites vence no card preliminar

Na segunda luta mais importante da noite, Rashad Evans venceu Chael Sonnen por nocaute. A vitória veio no primeiro assalto, quando Evans conseguiu montar no adversário durante a luta no solo. Sonnen acabou dando as costas e, sem conseguir reagir, o árbitro decretou o nocaute.

Único brasileiro a estar presente no UFC 167, Thales Leites se saiu vitorioso diante de Ed Heman. O brasileiro apostou no jiu-jitsu e venceu o duelo por decisão unânime do júri.

Confira todos os resultados do UFC 167:

Card principal

Georges St. Pierre venceu Johny Hendricks por decisão do júri

Rashad Evans venceu Chael Sonnen por nocaute

Robbie Lawler venceu Rory MacDonald por decisão do júri

Tyron Woodley venceu Josh Koscheck por nocaute

Ali Bagautinov venceu Tim Elliott por decisão do júri

Card preliminar

Donald Cerrone venceu Evan Dunham por finalização

Thales Leites venceu Ed Herman por decisão do júri

Rick Story venceu Brian Ebersole por decisão do júri

Erik Perez venceu Edwin Figueroa por decisão do júri

Jason High venceu Anthony Lapsley por decisão do júri

Sergio Pettis venceu Will Campuzano por decisão do júri

Gian Villante venceu Cody Donovan por nocaute

Tags:
UFC 167, Georges St-Pierre, Johny Hendricks
  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: