Domingo, 05 de Julho de 2020

O Repórter

UFC: Gilbert Durinho vence Tyron Woodley e pede chance por cinturão

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 31 de maio de 2020 às 07:00 (Atualizada em 31 de maio de 2020 às 09:32)
Divulgação/UFC
Durinho venceu no card principal do UFC

LAS VEGAS, EUA (OREPORTER.COM) - O brasileiro Gilbert Durinho conquistou importante vitória na madrugada deste domingo (31). Ele derrotou o norte-americano Tyron Woodley, ex-campeão dos meio-médios, por decisão unânime dos juízes (50-45, 50-44 e 50-44). Foi a sexta vitória seguida do brasileiro, a quarta dentro da divisão.

Na luta, Durinho foi para a curta distância e aplicou um direto que derrubou o oponente. O brasileiro foi para a montada e mandou mais alguns golpes para cima do norte-americano. Após ficar na defensiva, Woodley viu um espaço e conseguiu escapar. Depois, Durinho seguiu em vantagem no duelo em pé.

Woodley tentou ser mais agressivo no segundo assalto, mas viu Durinho o derrubar, ficando próximo da grade. O norte-americano se levantou, mas seguiu pressionado durante boa parte do round.

No terceiro round, Durinho seguiu atacando, enquanto que Woodley tentava a reação, mas sem muito sucesso. O americano buscou os golpes no quarto assalto, mas o brasileiro conseguiu boas sequência e derrubou mais uma vez o oponente. No solo, Durinho ficou por cima e ainda tentou uma guilhotina.

Por fim, no quinto assalto, Woodley aparentava mais desgaste. Bastou ao brasileiro administrar o bom desempenho e faturar a vitória no octógono.

Durinho tenta ser o desafiante de Kamaru Usman na decisão pelo título da categoria. Tanto que ele pediu a chance de tentar o cinturão da divisão.

"Agora quero ver meu nome como o desafiante número um da divisão. Eu amo o campeão, é meu companheiro de equipe, mas me dêem essa chance. Amo você, Kamaru, mas eu sou o próximo", disse.

Brasileiros

O card principal teve mais duas vitórias brasileiras. Augusto Sakai encarou um combate duro contra o búlgaro Blagoy Ivanov, mas levou por decisão dividida dos juízes (27-30, 29-28 e 29-28). Foi a quarta vitória seguida do brasileiro dentro do UFC.

Já Mackenzie Dern se recuperou da derrota contra Amanda Ribas ao derrotar a americana Hannah Cifers por finalização ao aplicar uma chave de joelho no primeiro assalto. A brasileira foi a primeira mulher a dfinalizar com esse tipo de golpe na história do UFC.

No card preliminar, Klidson Abreu foi nocauteado por Jamahal Hill durante o primeiro assalto.

Resultados do UFC on ESPN 9

CARD PRINCIPAL

Gilbert Durinho venceu Tyron Woodley por decisão unânime (50-45, 50-44 e 50-44)

Augusto Sakai venceu Blagoy Ivanov por decisão dividida (27-30, 29-28 e 29-28)

Billy Quarantillo venceu Spike Carlyle por decisão unanime (triplo 29-28)

Roosevelt Roberts venceu Brok Weaver por finalização aos 3m26s do 2º round

Mackenzie Dern venceu Hannah Cifers por finalização aos 2m36s do 2º round

CARD PRELIMINAR

Katlyn Chookagian venceu Antonina Shevchenko por decisão unânime (triplo 30-25)

Daniel Rodriguez venceu Gabriel Green por decisão unânime (triplo 30-27)

Jamahal Hill venceu Klidson Abreu por nocaute técnico a 1m51s do 1º round

Brandon Royval venceu Tim Elliott por finalização aos 3m18s do 2º round

Casey Kenney venceu Louis Smolka por finalização aos 3m03s do 1º round

Chris Gutierrez venceu Vince Morales por nocaute técnicos aos 4m27s do 2º round

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: