Quinta, 02 de Abril de 2020

O Repórter

UFC: Michel Pereira acerta joelhada ilegal e acaba desclassificado

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 16 de fevereiro de 2020 às 09:30 (Atualizada em 16 de fevereiro de 2020 às 10:15)
Divulgação
Michel Pereira acabou sendo derrotado por desclassificação

RIO RANCHO, EUA (OREPORTER.COM) - O brasileiro Michel Pereira levou a pior no duelo contra o americano Diego Sanchez, pelo UFC Fight Night 167. Ele seguia bem na luta, mas acabou desclassificado após desferir uma joelhada ilegal. Assim, o oponente se sagrou vencedor do duelo, o segundo principal da madrugada deste domingo (16).

Michel foi superior no primeiro round, com boa atuação na luta em pé. O brasileiro apostou nas joelhadas, não dando moleza ao adversário. 

No segundo assalto Michel acertou ume joelhada e depois um forte golpe de direita. Depois, mais uma cobinação de golpes e ainda deu tempo para uma queda na parte final do round.

O brasileiro entrou para o terceiro round disposto a administrar a vantagem. No entanto, uma joelhada ilegal deu o resultado para o oponente. Sanchez já estava no chão quando recebeu o golpe e teve que receber atendimento médico. O americano alegou que não estava enxergando bem . Assim, o brasileiro acabou desclassificado.

Destaques

O destaque brasileiro do evento acabou sendo Raulian Paiva. Na abertura do evento, ele derrotou o americano Mark de la Rosa com um nocaute no segundo assalto. Foi a primeira vitória do brasileiro no Ultimate Fighting Championship, após ter perdido os dois primeiros confrontos pela organização.

Na luta principal, o polonês Jan Blachowicz derrotou o americano Corey Anderson por nocaute, aos 3min08 do primeiro assalto. Após a vitória, ele desafiou Jon Jones, campeão dos meio-pesados. "Você será o próximo", disse.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: