Quinta, 17 de Outubro de 2019

O Repórter

Vasco consegue empate contra o Athletico em São Januário

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 22 de setembro de 2019 às 18:15
Rafael Ribeiro/Vasco
Vasco e Athletico jogaram em São Januário

RIO (OREPORTER.COM) - O Vasco ficou no empate de 1 a 1 contra o Athletico Paranaense neste domingo (22), em São Januário, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe cruz-maltina esteve atrás no placar, mas conseguiu arrancar o resultado igual após gol de Danilo Barcelos. O time carioca ainda marcou mais um, mas o tento foi anulado após verificação do árbitro de vídeo. Apesar disso, o resultado manteve os comandados de Vanderlei Luxemburgo em uma distância segura em relação à zona de rebaixamento.

A primeira boa tentativa do Vasco veio aos dez minutos, com um chute de Pikachu defendido por Santos. O Athletico Paranaense respondeu no minuto seguinte, quando Rony puxou a jogada ofensiva e mandou para o gol, mas Fernando Miguel ficou com a bola. Já aos 13, Osvaldo Henríquez veio para o Vasco após jogada iniciada em cobrança de escanteio, cabeceando para fora.

O jogo continuava movimentado, mas sem a rede balançar. O Vasco teve chance aos 26, com um cruzamento de Pikachu e cabeçada de Ribamar, que foi para fora. Aos 29, Rossi recebeu de Talles Magno e chutou para a defesa de Santos. Do lado athleticano, Rony tentou uma bicicleta aos 35, mas saiu sem jeito.

Chance razoável para o Athletico veio aos 39. Madson cruzou, Marco Rúben tentou chegar na bola, mas Fernando Miguel tratou de agarrar a redonda. O goleiro vascaíno ainda defendeu um chute de Rony, aos 43. Assim, o primeiro tempo terminou zerado em São Januário.

Já na segunda etapa, a rede não demorou muito para balançar. Aos três, Abner cobrou falta, e Madson aproveitou a saída ruim de Fernando Miguel para tocar de cabeça para o gol, abrindo o placar para o Athletico.

Depois do gol, o jogo voltou a ficar movimentado. O Vasco tentou a reação aos nove, com chute de Ribamar defendido por Santos. O Athletico veio aos 10, quando Cittadini tentou de fora da área e só foi parado por Fernando Miguel.

O Athletico Paranaense partiu para a forte pressão, em busca de ampliar a vantagem. Aos 11, Rony mandou para fora. Já aos 12, Cittadini cruzou, mas Marco Rúben não conseguiu alcançar. No minuto seguinte, Rony recebeu de Citadini e mandou para fora, só que a arbitragem já havia assinalado o impedimento.

Aos 21, o Vasco conseguiu um pênalti após Rony tocar a bola com o braço. Na cobrança, Danilo Barcelos deixou tudo igual em São Januário.

O cruz-maltino partiu para a pressão total em busca da virada. Aos 35, Talles Magno tentou de fora da área, obrigando Santos a trabalhar. No minuto seguinte, Marrony cabeceou para fora.

Aos 40, a torcida vascaína chegou a comemorar a vitória. Tudo porque Raul pegou a sobra após Santos defender o chute de Henríquez. A bola entrou, mas a arbitragem de vídeo anulou por causa de uma falta durante o lance. O Vasco tentou um gás nos acréscimos e ainda perdue uma tentativa em cabeçada de Clayton, aos 53, sendo a última tentativa da equipe acrioca em campo.

Tabela

O Vasco agora tem 24 pontos e está em 12º lugar. Já o Athletico tem 27 e agora é o nono colocado. 

Por causa do compromisso do Atlético-MG na Sul-Americana, o Vasco teve o seu jogo da 21ª rodada adiado para 2 de outubro. Portanto, o próximo jogo do cruz-maltino será no próximo domingo, dia 29, contra o Corinthians, fora de casa. O Athletico volta a jogar na quinta-feira (26), na Arena da Baixada, diante do Fortaleza.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 1 ATHLETICO PARANAENSE

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)

Cartões amarelos: Yago Pikachu, Osvaldo Henriquez e Richard (VAS); Léo Pereira, Rony e Wellington (CAP)

GOLS: Danilo Barcelos (VAS); Madson (CAP)

VASCO: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Oswaldo Henriquez, Leandro Castán e Danilo Barcelos; Richard, Marcos Junior (Andrey) e Raul; Rossi (Marrony), Ribamar (Clayton) e Talles Magno. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

ATHLETICO: Santos, Madson, Léo Pereira, Pedro Henrique (Lucas Halter) e Abner Vinicius; Wellington, Bruno Guimarães e Léo Cittadini (Éverton Felipe); Braian Romero, Rony e Marco Rúben (Thonny Anderson). Técnico: Tiago Nunes

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: