Domingo, 28 de Novembro de 2021

O Repórter

Vasco vence o Madureira fora de casa e abre vantagem no G-4 do Cariocão

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 27 de fevereiro de 2014 às 17:56

RIO DE JANEIRO (O REPÓRTER) - O Vasco foi até o Conselheiro Galvão e venceu o Madureira por 3 a 1, nesta quinta-feira (27), pela 11ª rodada do Campeonato Carioca. A equipe cruzmaltina abriu cinco pontos de vantagem no G-4 da competição.

Atualmente, o Vasco é o quarto colocado na tabela, com 21 pontos. Em quinto lugar está o Nova Iguaçu, que tem 16 e que vai jogar neste sábado (1), contra o Flamengo.

Já o Madureira está distante das primeiras posições. O Tricolor Suburbano tem 13 pontos e aparece na nona posição.

Na próxima quarta-feira (5), o Madureira enfrenta o Nova Iguaçu, no Laranjão. O Vasco enfrenta o Resende, em São Januário.

A partida

O Vasco começou a partida devagar, trocando passes no campo de ataque. Enquanto isso, o Madureira buscava impressionar, quase marcando aos 15 minutos em uma cabeçada de Aislan.

A equipe cruzmaltina tentava chegar ao gol, mas tinha dificuldade. Aos 19, Aranda arriscou o chute, mas a bola saiu fraca demais.

Depois, da parada técnica, o Vasco buscou aumentar a presença na área. Aos 27, Diego Renan arriscou de longe e o goleiro Rodrigo Café fez a defesa. CInco minutos depois, Thales fez um chute cruzado e o goleiro do Madureira espalmou.

Aos 44 minutos, o Vasco abriu o placar no Conselheiro Galvão. Rafael Vaz conduziu a bola e fez um forte chute na entrada da área. O goleiro Rodrigo Café tentou defender, mas, dessa vez, a bola invadiu as redes.

Para a segunda etapa, o técnico Adilson Batista apostou em Reginaldo e Montoya nas vagas de Thalles e Reginaldo. Enquanto isso, o Madureira colocava em campo Erivelto e Rodrigo Lindoso.

O Vasco não tardou muito na segunda etapa e logo ampliou o marcador. Aos seis minutos, Reginaldo fez um lançamento preciso para Edmilson, que matou no peito e mandou para o gol.

Aos 15, o Madureira ganhou a chance para diminuir, quando Fernandinho sofreu pênalti após falta de Aranda. Carlinhos foi para a cobrança e descontou para o Tricolor Suburbano.

Após ter levado o gol do Madureira, Vasco foi para o ataque e chegou a marcar aos 18, com Rodrigo. Entretanto, o árbitro marcou impedimento.

Já o Madureira tentava deixar tudo igual em Conselheiro Galvão. Aos 27, Rodrigo Lindoso quase marcou de cabeça após cobrança de escanteio.

As chances do Madureira acabaram de vez quando o Vasco conseguiu o terceiro gol. Aos 34, Diegno Renan sofreu um empurrão na área e o árbitro assinalou o pênalti. Douglas foi para a cobrança e garantiu a vitória do Vasco.

FICHA TÉCNICA
MADUREIRA 1x3 VASCO

Estádio: Conselheiro Galvão, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Auxiliares: Wagner de A. Santos e Jackson L. M. dos Santos
Cartões amarelos: Luiz Paulo, Romário (MAD); Fellipe Bastos, Pedro Ken, André Rocha, Martin Silva, Reginaldo (VAS)

GOLS: Rafael Vaz, Edmilson e Douglas (VAS); Carlinhos, (MAD)

MADUREIRA: Rodrigo Café; Aislan, André, Leozão (Rodrigo Lindoso); Marquinhos (Erivelto), Victor Bolt, Gilson (Romário), Bruno Tiago, Carlinhos e Luis Paulo; Fernandinho. Técnico: Antônio Carlos Roy

VASCO: Martin Silva; André Rocha, Rodrigo, Rafael Vaz e Diego Renan; Aranda, Pedro Ken, Fellipe Bastos (Montoya) e Douglas (Bernardo); Thalles (Reginaldo) e Edmilson. Técnico: Adilson Batista.

Tags:
Vasco, Madureira
  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: