Segunda, 20 de Janeiro de 2020

O Repórter

WGP 61: Paulo Tebar vence e segue campeão dos super-leves

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 09 de dezembro de 2019 às 09:31 (Atualizada em 09 de dezembro de 2019 às 19:11)
David Leite/WGP
Tebar golpeia Chacal no WGP 61

FORTALEZA (OREPORTER.COM) - O WGP Kickboxing promoveu, na noite deste domingo (8), o seu penúltimo evento de 2019. Na luta principal da noite, o campeão dos super-leves Paulo Tebar encarou o argentino Tomas Chacal e venceu em sua quarta defesa. No co-main event, o cearense Rony Jason estreou no kickboxing e venceu por unanimidade sobre o equatoriano Aaron Canarte em duelo muito equilibrado.

Na luta principal, Tebar controlou desde o início, enquanto o argentino Chacal buscava pesar a mão para cima do adversário. No terceiro round, quando Tomas parecia melhor na luta, Tebar encaixou bela sequência e voltou a tomar rédeas do combate. Acostumado a lutar cinco rounds, o campeão mirava os golpes na linha de cintura, fazendo o argentino diminuir de ritmo. Nos últimos rounds, Tebar manteve o ritmo e seguiu dominando até levar a luta por decisão unânime.

O evento também recebeu Rony Jason, ex-atleta do UFC, que fez a sua etsreia no kickboxing. Cearense de Quixadá, ele encarou o equatoriano Aaron Canarte em casa. O início do duelo foi bem estudado, com o visitante levemente superior, fazendo jus a maior experiência na luta em pé. No fim do round um knockdown o colocou ainda mais em vantagem. Nos seis minutos restantes o equatoriano diminuiu o ritmo, e Jason começou a euqilibrar o combate. Sob aplausos, Rony Jason viu as paleletas dos juízes marcarem 28 a 28, mas por ter vencido o último round, que é o critério de desempate, o brasileiro ficou com o triunfo por decisão unânime. 

 A próxima e última edição do WGP Kickbixng no ano acontece no próximo dia 21 de dezembro, em Vicente Lopez, na Argentina.

WGP 61 - Resultados oficiais

Paulo Tebar venceu Tomas Chacal por decisão unânime

Rony Jason venceu Aaron Canarte por decisão unânime

Vitor Magão venceu Samuel Bebezão por decisão dividida

Albert Dias venceu Arlen Benks por decisão unânime

Maria Viuva Negra venceu Kakau Costa por decisão unânime

Rogerio Sousa venceu Luis Enrique Galarza por decisão unânime

Gustavo Lima venceu Leonardo Nascimento por decisão dividida

Michael Oliveira venceu Tayron Figueiredo por decisão unânime

Celso Guimarães venceu Julio Assunção por nocaute aos 2min e 01seg do segundo round

Hugo Nascimento venceu Serginho Junior por decisão unânime

Undercard 

Fabio Scorpion venceu Italo Cyborg por nocaute aos 2min e 55seg do segundo round

Brunno Felipe venceu Douglas Johnson por decisão unânime

Gildazio Oliveira venceu Iranilto Pitbull aos 2min e 40seg do segundo round

Paulo Samurai venceu Jhon Jhon por decisão unânime

Emerson Xingu venceu Theo Castro por nocaute aos 2min e 40seg do terceiro round

Renan Lima venceu Marcelo Thayler por decisão unânime

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: