Sábado, 04 de Abril de 2020

O Repórter

WGP 62: Diego Piovesan unifica título, e Julie Werner mantém cinturão dos leves

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 22 de dezembro de 2019 às 14:40 (Atualizada em 22 de dezembro de 2019 às 22:27)
Divulgação/WGP
Diego Piovezan venceu no WGP 62

BUENOS AIRES, ARG (OREPORTER.COM) - Realizado na noite deste sábado (21), na Argentina, o WGP 62 trouxe duas vitórias brasileiras em cima de lutadores da casa em disputas por cinturão. Diego Piovesan derrotou Facu Suarez por decisão dividida na unificação do cinturão dos leves (até 60kg). Já no co-main event, mais um Brasil vs Argentina com muita emoção. A campeã dos leves feminino Julie Werner manteve o título, também por decisão dividida, em duelo diante de Andrea Salazar. 

Na luta principal, Diego Piovesan e Facu Suarez fizeram um grande duelo. Enquanto o brasileiro ficou nas joelhadas, o argentino vinha com todo o ímpeto. A luta se desenrolou de forma parecida durante os rounds seguintes, com ambos alternando bons momentos. No final dos quinze minutos, melhor para o brasileiro, que unificou o título dos leves em vitória por decisão dividida.

No co-main event, mais uma luta entre Brasil e Argentina. A campeã Julie Werner botou o título em jogo diante de Andrea Salazar, velha conhecida. E a campeã controlou o início da luta, apesar da torcida pela argentina, que melhorou no meio do combate. O equilíbrio continuou, mas Julie conectou bons golpes no terceiro assalto e passou a frente. Nós dois rounds finais a argentina voltou a equilibrar a luta, foi melhor e deu uma missão pros juízes. Por fim, vitória para Julie Werner por decisão dividida.

Com o evento deste sábado, o WGP Kickboxing encerra a temporada 2019. Foram dez eventos realizados ao todo.


Julie Werner venceu no WGP 62 (Foto: Divulgação/WGP)

WGP 62 - Resultados oficiais

Diego Piovesan venceu Facu Suarez por decisão dividida

Julie Werner venceu Andrea Salazar por decisão dividida

Haime Morais venceu Ezequiel Zarate por decisão unânime

Nicolas Jara venceu Felipe Díaz por nocaute no terceiro round

Maycon Silva venceu Lucas Alsina por decisão unânime

Congo Hitchings venceu Pablo Roa por decisão dividida

Metralleta Torino venceu Iury Souza por decisão dividida

Ivan Vilas Boas venceu Fede Gentiluomo por decisão unânime

Nahuel 'Latino' López venceu Chipi Ledesma por decisão unânime

Undercard

Ignácio El Fino venceu Diego Camargo por nocaute no primeiro round

Mariano Schmidt venceu Rodrigo Flocco por decisão unânime

Mariana Jofré venceu Florencia Greco por decisão unânime

Matias Fernandez venceu Facundo Panaro por decisão unânime

Amir Romero venceu Juliana Scazzino por nocaute no segundo round

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: