Sábado, 22 de Fevereiro de 2020

O Repórter

Witzel fala em 'sabotagem' ao comentar sobre crise na água da Cedae

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 20 de janeiro de 2020 às 12:32 (Atualizada em 20 de janeiro de 2020 às 12:46)
Arquivo/EBC
Wilson Witzel comentou sobre a crise na Cedae

RIO (OREPORTER.COM) - O governador Wilson Witzel comentou sobre a crise provocada em relação à água da Cedae. Nos últimos dias, moradores de várias localidades da capital e Região Metropolitana vêm reclamando da qualidade do abastecimento, cuja água está aparecendo com coloração e gosto barrento.

Witzel mafirma desconfiar de uma "sabotagem" com o objetivo de "manchar" a imagem da companhia:

"Desconfio que houve uma sabotagem, exatamente para manchar a gestão eficiente que está sendo feita na Cedae preparando ela para o leilão", disse o governador ao falar sobre o futuro leilão da privatização da Cedae.

O governador deu a declaração durante a inauguração do programa Segurança Presente em Copacabana. O governador não deu detalhes sobre como teria diso essa "sabotagem", mas ressaltou que tudo está sendo investigado.

"De fato, houve uma imperícia. Vamos apurar se foi dolosa ou culposa. Se quem deveria tomar conta para evitar que o que está acontecendo agora ou se simplesmente foi um fato culposo. Mas eu acredito que o que está sendo apurado é uma sabotagem por conta do leilão", complementou.

Segundo a Cedae, a coloração e o gosto da água foram alterados por causa de uma  enzima chamada geosmina, que é produzida por algas. A companhia ressalta que essa substância não faz mal à saúde. O MInistério Público e a Polícia Civil estão apurando o caso.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: