Quarta, 01 de Dezembro de 2021

O Repórter

Ciryl Gané vence Jairzinho Rozenstruik em duelo de pesados no UFC

Pedro Munhoz é o destaque brasileiro do evento

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 28 de fevereiro de 2021 às 09:00 (Atualizada em 28 de fevereiro de 2021 às 19:25)
Divulgação/UFC
Ciryl Gané venceu no UFC

LAS VEGAS, EUA (OREPORTER.COM) - Um duelo de pesos-pesados agitou o UFC Fight Night 186, na noite deste sábado (27). Quem se deu bem foi o francês Ciryl Gané, que derrotou o surinamês Jairzinho Rozenstruik por decisão unânime do júri.

Os dois lutadores começaram atacando, mas quem se deu bem foi o francês. Gané conseguiu encurtar a distância e derrubou o adversário, conseguindo ficar por cima junto à grade.

Gané continuava mais efetivo na luta durante o segundo assalto, aplicando jabs e chutes nas pernas. Depois, o francês encurralou o oponente nas grades.

Já nos três últimos rounds, Gané era mais veloz e atacava bem. O surinamês foi dominado e acabou perdendo por  50–45, 50–45, 50–45 nas papeletas;

Ciryl Gané está invicto em sua carreira no MMA. São oito vitórias no cartel do francês, que tem cinco triunfos dentro do UFC.

Pedro Munhoz vence

O brasileiro Pedro Munhoz esteve presente no evento para enfrentar o norte-americano Jimmie Rivera. A vitória veio por decisão unânime do júri (30–27, 30–27, 29–28).

A luta foi válida pela categoria dos galos. Munhoz foi mais agressivo, começando a luta buscando os chutes. O americano tentou encurtar a distância no segundo assalto, mas o brasileiro voltou a dominar e conseguiu encaixar os seus chutes. 

Rivera veio para o terceiro assalto buscando os golpes em sequência. O brasileiro, porém, manteve a vantagem e ditou o ritmo da luta até o fim.

Pedro Munhoz voltou a vencer após duas derrotas seguidas, entre elas contra Frankie Edgar, em agosto do ano passado. O brasileiro agora tem 19 vitórias, cinco derrotas e um no contest.

Mais brasileiros

Mayra Sheetara encarou a americana Montana de la Rosa, mas o duelo acabou empatado. O júri deu empate majoritário, sendo que um dos jurados deu a vitória para a americana (28–27, 28–28, 28–28).

A brasileira acabou desfavorecida após ser punida com a perda de um ponto no momento em que acabou segurando nas grades para evitar uma queda. Mayra agora tem sete vitórias, uma derrota e um empate.

No card preliminar, Thiago Moisés derrotou Alexander Hernandez por decisão unânime (30–27, 30–27, 29–28).

Próximo evento

O próximo evento do Ultimate Fighting Championship será o UFC 259, no dia 6 de março. A atração principal será a luta entre o polonês Jan Blachowicz e o nigeriano Israel Adesanya pelo título dos meio-pesados. A brasileira Amanda Nunes defenderá o título feminino dos penas contra a australiana Megan Anderson.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: